top of page

Fazer ou não fazer uma faculdade?

São tantas dúvidas sobre a faculdade, mas essa decisão não precisa ser um dilema e só você tem o poder de decidir o que fazer com sua carreira profissional.


Atualmente, é comum terminar o Ensino Médio e se sentir perdido sobre cursar ou não uma faculdade. As opções mais comuns para quem pensa no que fazer depois do ensino médio são: começar uma faculdade, procurar um emprego ou estudar para concurso público.


É normal se sentir afetado pela pressão da sociedade e da família. Nem sempre é fácil lidar com a tensão imposta para tomar essa grande decisão. Além disso, muitos não tentam a faculdade por medo do vestibular, de ter dificuldade nas provas, possuem duvidas se vale a pena, muito ficam preocupados por não ter condições financeiras para pagar as mensalidades quando se tratando de ensino particular e até medo das brincadeiras do trote (hoje em dia é averiguado para uma melhoria da situação, onde ninguém se sinta constrangido e tenha seus direitos reservados nas universidades).


Diante dessa situação, a melhor saída é manter a calma e ver as possibilidades que você tem em mãos.

  • Faça uma lista dos seus interesses e preferências, o que faz bem e o que quer fazer bem, até mesmo o que não gosta de fazer.

  • Pesquise as tendências de mercado e converse com pessoas que estão na faculdade e com colegas de várias profissões para saber mais sobre o que fazem.


A concorrência vem crescendo a cada dia e o mercado de trabalho está muito exigente e competitivo. Neste cenário, sai na frente quem estiver melhor preparado. Independentemente se você quer trabalhar pra alguém ou ter seu próprio negócio.


Nosso dever como faculdade também é compreender os estudantes, as dificuldades exixtentes e como anda o mercado de trabalho. Com isso, oferecemos ensino direcionado e prático.


 

Boas oportunidades de trabalho e um salário de encher os olhos – e o bolso - são o sonho de qualquer um. Se esta também é sua meta, saiba como a faculdade pode fazer você mudar de vida:

  • Você começa a ter um diferencial competitivo gerando um aumento na chance de empregabilidade;

  • Aumenta-se a rede de contatos, o que expande as oportunidades;

  • Cria-se uma visão mais crítica e reflexiva sobre a atuação como cidadão;

  • Possibilidade de especialização em uma área profissional após finalizar a faculcade;

  • Emprego mais estável com retorno salarial, (aumento e promoções);

  • Oportunidades de intercâmbio de acordo com cada faculdade.


Poder de escolha Uma vez capacitado, o leque de alternativas na sua vida pessoal e profissional se abre. Porque você ganha mais poder de escolha. E consegue seguir por várias rotas que levam à satisfação pessoal, como: – Ter retorno financeiro; – Fazer o que você gosta, atuando na sua área de formação; – Gostar do que você faz; – Ganhar reconhecimento na comunidade; – Contribuir para a sociedade; – Fazer novos amigos – Ter qualidade de vida; – Conquistar aumentos de salário a cada etapa da sua carreira.

Os estudos sobre o tema chegam a afirmar que para cada ano de estudo, o brasileiro ganha um aumento de 15% no salário. Há alguns levantamentos, inclusive que apontam que quem tem curso superior completo recebe, em média, cerca de 142% a mais do que alguém com menos de 14 anos de estudo. (Faculdade Itaqua)



E você? Pretende alcançar a sua independência financeira e mudar de vida, cursando uma faculdade?

Para isso, basta escolher a faculdade que quer estudar e o curso que mais te representa.



Algumas faculdades cobram mensalidades, é o caso da particulares, ou seja, privadas. Já as gratuitas, você não paga mensalidade, como as universidades federais, estaduais, públicas. Fica ao seu critério qual escolher.

E ai, bora ser universitário?!



 

Leia outras matérias para te ajudar na decisão



 


Equipe Comunicação fatec Jaboticabal

Redação Beatriz Donadon

Adaptação e complementação textual Valeria Z

Imagens Mídias do Wix







24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page